Somos um Fórum de RPG, focado em D&D, porém com sistema mais aberto. Criação de personagem e raças completamente customizáveis!
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Capítulo 1: Os contos que são reais

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   08/09/18, 04:14 pm

Ouvi toda sua explicação depois da pequena revolta dela, mas deixei quieto... Então haviam clãs e diferenças de poderes e aparentemente costumes. -Realmente eu não me enquadraria em Toreador... Não sou famoso, muito menos gosto de arte. Hum... Bushido... Eu fazia kenjutsu no colégio, meu sensei pregava bem isso. -Comentei pensativo, mas seria difícil saber se eu era realmente um bushi ou outro tipo. -Sabbat? -Perguntei novamente sem entender aquilo. -Olha, desculpa te fazer de Sire, mas vou precisar de informações pra sobreviver, e o príncipe não me deu muita coisa. -Falei olhando pra ela de relance. Ela ainda tremia e estava se controlando muito pra falar e dirigir. -Não queria te meter naquilo. Por que foi lá sabendo o que era? -Ela já tinha deixado claro que tinha habilidades que nem as da irmã, não que eu estivesse sendo ingrato por ela ter se metido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   09/09/18, 12:52 am

Aos poucos, as mãos dela se firmariam, e ela daria partida, sua face ainda parecia das não muito amigáveis no entanto, mas ela ainda falaria com ele. - Primeiro, o Sabbat é cheio de retardados, eles acham que podemos matar tudo que se move e ficam por aí se gabando disso. Somos vampiros sim, somos monstros, claro que somos. Logica simples, se nós matarmos todos que bebemos, os humanos vão acabar, ou pior, vão perceber que existimos e nos matar. Vivemos numa era ruim, celulares, internet, agências de inteligência por todo o mundo, um errinho e podemos dar adeus à vida. Somos mortos, mas isso não significa que não podemos nos apegar a um pouco de vida... - Ela dava uma opinião sincera finalmente, diferente dos avanços sexuais ou das chacotas, seria talvez a primeiras vez que ele poderia vê-la como uma pessoa, no sentido humano da palavra. - Segundo... Eu vi uma oportunidade... Eu gosto de transar... Vampiras não engravidam, então eu aproveito... Sabia que a garota estaria aqui, e que você viria vê-la de qualquer modo... Já que ia acontecer, eu quis tirar uma casquinha... Só que na visão não vi nada de nenhum Khan albino gigante... Sorte nossa que o tigrão tava na coleira. - Completou ela mantendo os olhos na estrada, já se afastando bem do bairro antigo de Masako.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   09/09/18, 01:14 am

Ela ainda não parecia bem, mas ao menos conseguiu dar partida no furgão e me explicar o que era Sabbat. Prestei atenção no que ela dizia, não era só uma explicação, mas também uma opinião própria, e pela primeira vez durante todo aquele encontro ela falava como uma pessoa. -E a Camarilla é o oposto do Sabbat, pelo pouco que notei... Hum... Esperta sua visão do fato de que os humanos podem ficar extintos ou no aniquilar. -Comentei mais calmo, pensaria como ela certamente. Ela não ficou só naquela resposta, me explicando também o porquê de me permitir ir até Misaki. Então ela tinha mesmo visões, mas pelo visto não eram certas ou tinha como burlar aquilo. -Espero que ao menos ela faça o que pedi. Não sei o que pensar disso ainda, mas da próxima vez que eu cruzar com aquele tigre estarei mais forte e o matarei. -Disse irritado com aquele moleque ainda, estava mais pra um juramento interno que outra coisa. -Existe uma maneira de eu encontrar aquele que me Abraçou? -Perguntei curioso com tal assunto, afinal queria saber os motivos dele apesar da raiva que tinha dele. -Ou acha que o Príncipe sabe ou encontrará? -Não custava perguntar, parecia ser algo bem ruim não ter um Sire, como disseram várias vezes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   09/09/18, 12:15 pm

Ela olhou torto para ele, bufando na sequência antes de voltar a responder suas perguntas. - O que você tem de bonitinho tem de doido, né? Depois eu que sou Malkaviana... Seu Sire desobedeceu uma regra importante, a Camarilla quer ele morto, se não fosse o Arata, pelo que eu ouvi, talvez você tivesse morrido. - Respondeu ela a princípio, falando a respeito do rapaz de cabelo escuro e brinco na orelha. - Está tendo uma briga por poder em Tokyo, muito mais que Camarilla e Sabbat, minha dica é escolher o seu lado logo e cuidar da retaguarda, seria um baita desperdício dessa bundinha linda. - Falou ela por fim,d e maneira que já se aproximavam do bairro onde ficava o HUB. - Não quer saber da sua missão, não? Deveria completar ela logo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   09/09/18, 04:17 pm

Ela pareceu ficar irritada com tantas perguntas, mas apesar disso respondeu deixando claro que estavam atrás dele e certamente o matariam. Se estavam atrás dele então sabiam quem ele era... -Escolher meu lado...? Como posso escolher algo que nem sei direito? -Perguntei retrucando tal informação pra ela, mas não de maneira mal-educada. -Eu quero saber quem é meu Sire, você sabe quem é o seu, sabe da história do seu sangue. Não quero ter outra vida de mentiras ou sem saber do que descendo. -Comentei olhando pra frente do caminho, já estávamos próximos da HUB. -Quero saber minha missão, mas achei que era só com Amiri esse assunto. -Disse lhe respondendo a pergunta, se ela pudesse adiantar melhor, mas se a situação era uma guerra, então seria bom eu falar direto com Amiri, que foi a pessoa indicada pelo Príncipe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 01:05 am

- Tá complicado heim... O Sabbat só tem retardado, já falei, se for se aliar com eles se preparar porque é virar um monstro ou morrer tentando ser um. Na Camarilla você vai trabalhar que nem um condenado pra todo vampiro que for mais antigo ou mais forte que você, e ainda corre o risco de morrer se pisar na bola. De resto... Anarquistas... Eles gostam de uma boa festa, liberdade e tal, não são ruins, mas na maioria das vezes eles querem sair na mão pra qualquer coisa. E tem bem... Os Bushi e outros independentes. - Ela se esforçou para explicar sobre os lados, dando muito de sua opinião. - Se o seu Sire for um Bushi... O Príncipe não quer ele morto só porque te Abraçou sem permissão... Pode ser uma morte política. - Havia preocupação na voz dela, novamente uma nova faceta dela. - Até onde sei o Príncipe pediu pra Amiri ficar de olho num anarquista, o nome dele é Joe Kazama... - Ela terminava de responder as perguntas e o furgão finalmente estacionava atrás do HUB.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 02:27 am

Ouvi toda a explicação dela, que mesmo revoltada me explicava sobre cada uma das duas divisões. -Então em qualquer uma tem riscos, uma mais e outra nem tanto... Legal. -Fui sádico na ultima parte, a olhando e depois voltando a olhar pra frente. -Morte política...? Humf... -Murmurei pensativo com aquilo. Podia ser ou não uma boa ideia falar com ele... Mas o que faria então? -Joe? -Perguntei achando que não tinha entendido certo o nome. -Estranho... Ele estava no beco quando me jogaram pra fora do lugar que fizeram meu "julgamento". -Comentei falando aquilo pra ela, mas não diria mais que aquilo, já chegávamos na HUB e também ele não havia dito nada de mais além de me ajudar a sobreviver. Ao menos sabia onde encontrar ele e poderia ir pra lá dependendo da hora, ou seria melhor esperar o dia seguinte pra ir... -Seria só pra observar ele? -Poderia aproveitar pra aprender mais com ele, parecia ser legal, afinal me explicou tanta coisa sem nem saber quem eu era...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 01:24 pm



- Heim?? - Ela o olhou com a sobrancelha esquerda saltada. - Você atrai confusão né garoto? Sorte que é bonito. - Ela se levantou do assento e empinou a bunda enquanto procurava por algo na parte de trás, deixando sua feminilidade exposta, pois estava com o uniforme de enfermeira, mas sem calcinha. - Pronto. - Suspirou ela voltando a sentar com as caixas de sangue no colo. - Eu só espiono minha irmã de leve, não sei de tudo. Porque não vai guardar isso na geladeira da cozinha, e depois sobe pro meu quarto. Estou a fim de uma brincadeirinha no chuveiro. - Ela então entregaria as caixas para ele, e sairia do furgão dando um tchauzinho com uma piscadela e um beijo no ar. Masako não teria problemas em ir até a cozinha, ela deixou a porta dos fundos aberta, mas assim que ele fechasse ele a ouviria travar, como que com uma tranca magnética automatizada. Havia uma escada encoberta por uma cortina logo na cozinha com uma placa dizendo "Hospedagem".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 02:11 pm

-É...? Sorte a minha então... -Murmurei desanimado com aquilo, mas a observando enquanto se remexia pra pegar algo e por causa da roupa se deixava exposta, mas quando voltou a posição anterior estava com as caixas de sangue no colo. -De leve é? Pelo visto é comum uns espionar os outros. -Comentei sorrindo travesso, mas não gostando muito de tal informação. -Ok, depois que eu falar com Amiri te encontro lá. -Peguei as caixas enquanto ela se afastava dando piscadelas e beijinhos. Pelo visto ela gostava de fazer muito aquilo, não que não fosse bom, mas não tinha outras coisas pra fazer? Procuraria algum relógio no caminho pra cozinha, seria bom saber a hora e ir tentar falar logo com Amiri, já que era com ela seu assunto. Assim que entrei pela porta dos fundos, a mesma se fechou atrás de mim se trancando, e a olhei. Pelo visto eles prezavam muito a segurança, pra ter uma porta automática... Olhei pra escada e lá em cima estava escrito hospedagem numa placa. Devia ser ali né? Subi as escadas para a hospedagem e procuraria pela geladeira onde colocar os sacos de sangue. Depois iria procurar por Amiri.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 03:00 pm

Masako não teria problemas em achar a geladeira, esta sendo uma grande de pintura metálica na cozinha. Ele seguiria para a escada não tão secreta, passando pela cortina vermelha. A escadaria tinha o piso forrado por um carpete vermelho e os rodapés eram de cerejeira, tudo finamente trabalhado e de altíssima qualidade. Conforme subia as escadas, veria três quartos, um deles com uma placa dizendo "Convidados", outro sem nenhuma identificação e um último dizendo "Amiri&Alice". Do lado de fora ele podia ouvir o som do chuveiro e uma discussão abafada das duas irmãs. - Eu preciso de um banho também... - Seria a última coisa que ouviria, e outra coisa que poderia notar era o perfume de baunilha que perfumava até mesmo através da porta do quarto. - Vai ficar ai na porta ou entrar logo? - Ouviria a seguir a mesma voz de antes, dirigindo-se a ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 03:49 pm

Foi bem fácil achar a geladeira, era bem grande e bem, parecia uma geladeira... Abriria uma bolsa de cada vez e colocaria os sacos de sangue em ordem enfileirados lá dentro. -Vou ter que me acostumar com isso... -Era estranho encher uma geladeira com sangue e não comida, mas meu estomago parecia compadecer daquilo. Fechei a porta dela e subi as escadas pra hospedagem, o lugar tomava outra aparência, mais refinada com carpete vermelho e o escambau. -Parece até que mora um príncipe aqui... -Murmurei comentando ao olhar pra riqueza do lugar, devia ganhar muito afinal. Tinha três quartos lá, um com uma placa de convidados, outro com o nome das duas irmãs e um sem identificação, o que me deu certa curiosidade. Parei na frente da porta do quarto delas ouvindo uma breve discussão sobre banho... Bateria? O perfume estava gostoso, era forte pra passar até pela porta... Pararia meus pensamentos ao ouvir uma delas falar comigo... Certamente era comigo... Abri a porta sem pressa. -Shitsureishimasu... -Falei pedindo licença enquanto entrava no quarto. -Já arrumei a geladeira. -Informei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 04:12 pm

Masako entrou no quarto, lá o cheiro ficava mais intoxicante de tão delicioso, e o som do chuveiro e as lembranças recentes poderiam ter seus efeitos. No entanto algo ali era bem mais atrativo, a cama das irmãs tinha a forma de um grande coração vermelho com lençóis de seda vermelha, travesseiros em formato de coração e um estranhamente fofo morceguinho de pelúcia roxo completava a decoração. preso às asas do morceguinho estava um bilhete com uma marca da batom, escrito "Vem tomar banho". E assim ouvira uma voz cantarolando, parecendo ser a voz de Alice, uma musica diferente, desconhecida, provavelmente estrangeira.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 04:26 pm

Acho que me calei quando entrei no quarto e vi a decoração dele... Não esperava por aquilo, eu acho, mas era um tanto atrativo e misturado com o perfume que estava bem mais forte lá dentro, fazia meu corpo relembrar do acontecimento no furgão. A cama era um coração gigante, os travesseiros pequenos corações e enfeitando um deles, um morcego fofo com um bilhete. Cheguei perto do bilhete para lê-lo e estava escrito: "Vem tomar banho". Bem direto... Alice parecia cantarolar algo no banheiro... Mas e a outra voz que ouvi discutindo com ela alguns segundos atrás? Não parecia ter mais ninguém ali além dela, e ninguém saiu pela porta que entrou... Suspirei, que escolha tinha, e seu corpo não ajudava muito a tomar uma decisão diferente. Fui pro banheiro pra "tomar banho". -Gostei da decoração. E do morceguinho. -Falei ao entrar no banheiro, já me preparando pra tirar a roupa de novo. Talvez eu estivesse sendo hipócrita e devesse agir como qualquer outro homem que adoraria estar naquela situação? E aceitar as reações do meu próprio corpo ao invés de lutar contra ele. Abriria um pouco a porta do box ou da banheira pra olhar pra garota que cantarolava. -Tô aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
avatar

Mensagens : 416
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3630/4000  (3630/4000)
HP HP:
120/120  (120/120)
SP SP:
120/120  (120/120)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 04:46 pm

Masako já entrava no banheiro, e assim que tirava a roupa via aquele que ele achou ser Alice tomando banho com um par de fones de ouvido cor de rosa emborrachados. No entanto, quando ele abriu a porta de vidro escuro do box, perceberia que ali quem se banhava era Amiri. Instintivamente ela olhou assustada para ele e gritou totalmente vermelha de vergonha, cobrindo os seios com os braços cruzados, abraçando a si mesma. Ficaria a cargo dele ficar ali e vê-la gritar ou sair logo do banheiro, de qualquer modo ele poderia notar que em físico as irmãs também seriam bem parecidas. - O que está fazendo aqui?! - Exclamaria ela puxando uma toalha negra que estava pendurada no box para se cobrir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Masako Sun
Membros
Membros
avatar

Mensagens : 136
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
1820/2000  (1820/2000)
HP HP:
90/90  (90/90)
SP SP:
110/110  (110/110)

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   10/09/18, 04:59 pm

Assim que abri o box pra por a cabeça lá e ver Alice, na verdade era Amiri e ela gritou assim que me viu. -A-miri?! -Ela ficou muito vermelha, tanto que eu nem imaginava ser possível pra um vampiro ficar, e tirei a cabeça de lá rapidamente. -Gomen nasai! -Diria pegando minha roupa e voando pro quarto me trocando lá pra esperar por ela. Não fazia o menor sentido aquilo... Assim que ela saísse colocaria a cabeça no chão como pedido de desculpas. -Achei que era a Alice lá, ela deixou esse recado e disse pra encontrá-la no banho. -Apontei pro ursinho. Ainda bem que não tinha entrado direto, e sim olhado antes, ou teria sido muito pior. Ainda sim estava confuso com aquilo, como podia uma sumir e a outra aparecer daquela forma? Elas tinham um corpo muito semelhante... Mas já era de esperar, eram gêmeas não?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 1: Os contos que são reais   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1: Os contos que são reais
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Recrutamento] Seeking Online - Capítulo 1: Aurora e Pecado
» Bleach - Shinigami Saga - Capítulo 1 (Tópico de jogo)
» Capítulo 2 - Uma Noite na Taverna
» [Apresentação] Singela Dualidade - Capítulo I
» Capítulo 1: Caminhos Cruzados

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Multiverso da Fantasia RPG :: Mundos RPG :: RPG - Ningenkai :: Onúris :: Aventuras Completas-
Ir para: