Somos um Fórum de RPG, focado em D&D, porém com sistema mais aberto. Criação de personagem e raças completamente customizáveis!
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Templo de Lunaris

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   06/01/19, 01:34 am



- Por isso gosto dos asiáticos, a grande maioria ainda tem bons costumes. - Comentou Caim sorrindo ao ver Masako lhe reverenciando. - Eles são os únicos que ainda lembram de quem eu realmente fui, o resto está perdido em preconceitos e superstições. - Concluiu ele ainda sorrindo, até que a fala de Ubirajara o fez ficar neutro. - Aviso Metamorfo, o apocalipse de vocês é apenas mais um em dezenas, senão centenas ou milhares. Continue acreditando nas anedotas do seu povo. - Finalizou Caim de forma ríspida, porém sem alterar-se em seu semblante ou postura. - Pode cortar o papo furado e ir logo ao assunto, por que matou os vampiros daqui? - Indagou Dean impaciente enquanto a mão que empunhava a Primeira Espada tremulava de tanta força que a segurava. - Ele não é minha família... - Retrucaria Dean olhando torto para Ubirajara. - Primeiro, eu os matei porque eu quis, eles estavam no caminho e se recusavam a compreender quem eu sou. Segundo, parece bem interessado na Marca, Swara? Seus Totens e Avatares não podem remover tal maldição, isso eu garanto. - Diria Caim caminhando até o centro da sala. - Diz logo o que realmente veio fazer aqui!! - Exclamou Dean com os olhos ficando negros de novo. - Vou dar uma dica... Lamashtu, na mitologia suméria era um demônio feminino, uma deusa maligna que ameaçava as mulheres durante o parto e se alimentava da carne e do sangue dos recém-nascidos após sequestrá-los enquanto estavam sendo amamentados. Para muitos ela era relacionada com uma outra figura da bíblia hebraica... - Tendo Caim dito isso, com um sorriso perverso em sua face, todos poderiam recordar-se de a quem ele se referia, Lilith a Primeira Mulher, banida por Deus e transformada em demônio. Lilith, também conhecida como Lua Negra, podia ser relacionada a Luna, porém representando um aspecto ciumento e vingativo da Deusa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Masako Sun
Membros
Membros
Masako Sun

Mensagens : 218
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3580/4000  (3580/4000)
HP HP:
350/350  (350/350)
SP SP:
190/190  (190/190)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   07/01/19, 02:23 am



Ele pareceu gostar das minhas maneiras, o que era um ponto positivo. Fiquei quieto prestando atenção enquanto me levantava novamente, observando o desenrolar da história. Era claro que Dean não gostava de Caim, na verdade ele não parecia gostar de nada. Dean cortou o que ele dizia sobre apocalipses, apesar de interessante era assustador, mas aquela pergunta dele também era interessante. Ele havia matado pelo bel prazer, aqueles vampiros, bem mais por causa da falta de compreensão deles do que outra coisa... Ele passou a falar, uma dica sobre o que, ou melhor, quem ele procurava, e contou uma pequena história. Assim que terminou, sorriu de forma sinistra e arregalei os olhos com o nome que me veio à mente. -Lilith? -Perguntei mais pra ter certeza daquilo, ela estaria viva então? Então ele tinha uma amizade colorida com Lilith? Tínhamos sorte dela não estar ali... -Pode ser que ela esteja mais abaixo, tinha um corredor que desce, mas não fomos lá. -Comentei ainda sério apontando pra porta. -Cain-sama encontrou-se com o líder dessa seita durante seu trajeto? -Perguntei, quem sabe ele tivesse visto ou matado já...

Conhecimentos:
 

Vantagens:
 

Ações escreveu:
Todas: Procurar por inimigos nos tetos, principalmente onde estivesse escuro, tentando enxergar no escuro caso seja necessário em conjunto com os ótimos sentidos (sem usar o olfato).

Quem nunca provou o próprio sangue quando se machucava não sabe o que é ser um vampiro.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mirandowisk
Membros
Membros
Mirandowisk

Mensagens : 144
Localização : Brasil

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3210/3500  (3210/3500)
HP HP:
230/230  (230/230)
SP SP:
420/420  (420/420)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   08/01/19, 03:53 pm

Ubirajara se incomodou com a maneira que Caim falava com ele. Respirou fundo e ficou atento à conversa, dando de ombros com a resposta de Dean, já que a pergunta não tinha sido respondida por completo. Então Caim mencionaria a marca e diria que nada a poderia tirar. - Prefiro não tentar compreender a marca a fundo. É tanto uma benção quanto uma maldição. Acredito que entre vocês isso seja mais importante, em outro momento. - Diria paciente e com firmeza.
Quando Caim disse a que estava ali, Ubirajara parou de respirar por alguns instantes, como se algo tivesse roubado seu folego. Era um demônio poderoso, aquele mencionado. - Em que um demônio tão poderoso pode ser útil, Caim, e o que acabou mal entre vocês? Esse rio de sangue que corre para baixo, tem algo haver com Lilith? - Perguntaria tentando entender toda a situação.

Complementos escreveu:

* +3 HP/SP por ação (Racial)
* -3 SP por turno (Desvantagem)
* +7 REF em Combate (Capacidade)

Conhecimentos escreveu:

* Sobrenatural
* Defesa Pessoal
* Línguas

Vantagens escreveu:

* Espírito Inabalável
* Pés de Veludo
* Instintos Selvagens

Habilidade Ativa escreveu:

* Sokto: (Duração/Efeito) Rank F Breaker
Essa forma ancestral invoca a herança felina do homem-gato em uma mistura selvagem e persuasiva. Um Sokto Bastet tem músculos flexíveis, membros alongados, vestígios de bigodes nas maças do rosto angulosas e incisivos longos, semelhantes a presas. Seus olhos crescem e suas pupilas se estreitam. Suas orelhas esticam e seu cabelo se incandesce selvagemente e assume a forma de marcas felinas, enquanto pequenas garras se estendem da ponta de seus dedos a seu comando. Nesta forma, o Bastet se torna cativantemente exótico, e ainda assim humano de maneira perturbadora.
Efeito: Transformação Física.
Bônus: +10 BDA/BDM/BDP (apenas um por ativação) / +10 DEQ.
Malus: Ocupa espaço de duas habilidades.
Custo: 20 SP + 1 SP por turno.

Ações escreveu:

* Tudo em Esquiva - Tentar Contra-Ataque (Contra ataque também em quem atacar Masako ou Dean)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   09/01/19, 10:58 am



- Bingo... - Respondeu ele rindo brevemente, olhando para Masako. - Ela não está aqui, mas um dos meus irmãos está... - Continuou Caim ainda olhando para Masako, parecia um olhar normal aparentemente, entretanto Masako podia sentir uma disciplina vampírica sendo usado, e um desejo profundo tomando conta de si. - Eu matei todos do Sabá que estavam aqui, se é a sua dúvida, porém eles eram apenas uma seita dentro de uma seita que por sua vez, também pertencia a outra seita. - Conforme o Primeiro Vampiro falava aquilo, Masako saberia qual desejo era esse o dele, ele haveria de descer as escadas e procurar esse irmão, e mata-lo de alguma forma. Era o desejo de Caim tornando-se o de Masako, como se os dois fossem um só. - Entrem no estômago da fera e matem Kitava, se bem que ele deve estar usando outro nome... Se fizerem isso irei recompensá-los, mas que fique só entre nós, não quero que saibam que estive por aqui... - Caim diria suas últimas palavras antes de simplesmente desaparecer, deixando o trio na câmara de tortura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Masako Sun
Membros
Membros
Masako Sun

Mensagens : 218
Localização : Japão

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3580/4000  (3580/4000)
HP HP:
350/350  (350/350)
SP SP:
190/190  (190/190)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   09/01/19, 11:29 pm



-Soo... -Murmurei voltando a ficar pensativo, ela não estava ali então, mas um irmão dele estava? Ele não falava de Abel certamente... Ele continuava olhando pra mim, parecia normal a princípio, mas pude sentia uma disciplina ser usada em mim. Novamente eles vinham com aquele tipo de poder por serem mais antigos e fortes e blablabla... Um sentimento profundo começou a me inundar, como se eu soubesse o que fazer sem nem saber o que de fato. -Tudo isso pra tentarem disfarçar? Ou seriam semelhantes a uma terceirizada? -Perguntei um tanto surpreso, mas ao menos sabia que todos ali estavam mortos. Ele falava de um jeito, e me fazia cada vez sentir nitidamente o que ele de fato queria. Era como se eu já estivesse descendo aquelas escadas à procura do tal irmão de Caim, que eu nem conhecia, e o matasse. Como se meu sangue fosse para lá, numa sensação realista, porém falsa. Fiquei quieto enquanto ele dizia aquilo e sumia. -Eu estou indo. Você vem, Zaki, Dean? -Perguntei enquanto me virava pra porta a qual acabamos de sair. Ele podia ter pedido ao invés de usar de poderes mentais... Ao menos terei muito o que contar pra Saori quando voltar.

Conhecimentos:
 

Vantagens:
 

Ações escreveu:
Esquivas e contra-ataque caso necessário.

Quem nunca provou o próprio sangue quando se machucava não sabe o que é ser um vampiro.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mirandowisk
Membros
Membros
Mirandowisk

Mensagens : 144
Localização : Brasil

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
3210/3500  (3210/3500)
HP HP:
230/230  (230/230)
SP SP:
420/420  (420/420)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   10/01/19, 06:14 pm

Ubirajara prestou atenção nas palavras de Caim. Ele falava com propriedade histórica de tudo aquilo. Ele se acalmou um pouco com relação ao Primeiro Assassino, ele parecia se aprazer de Masako, o que lhes dava uma folga na tensão do momento. Uma folga interrompida pelas próximas palavras de Caim. - Irmão? Ele seria tão poderoso quanto Caim? - Perguntaria a esmo, tentando sondar a força do inimigo. Observaria o caminho de onde vieram, imaginando que deveriam voltar e seguir o curso do rio. Imaginou o local que Caima falara, mas nada poderia parecer um estomago senão um grande bolsão de carne. Talvez fosse isso mesmo. Zaki não prometeu em seu coração não falar de Caim com relação às informações daquela missão. Enfim, quando o homem sumiu, ele escutou a voz determinada de Masako. Estou logo atrás de vocês, Masako-Ré (Amigo Masako) e Dean-Ré. - Diria se preparando para uma batalha iminente. Suas garras sairam de suas mãos e suas presas ficaram mais expostas, mostrando uma feição mais animalesca do Sokto. - Espero que os outros dois não tenham morrido ainda nessa luta contra o tal Kitava. - "Esse nome não me é estranho... Vamos ver se já ouvi falar dele quando o encontrarmos."

Complementos escreveu:

* +3 HP/SP por ação (Racial)
* -3 SP por turno (Desvantagem)
* +7 REF em Combate (Capacidade)

Conhecimentos escreveu:

* Sobrenatural
* Defesa Pessoal
* Línguas

Vantagens escreveu:

* Espírito Inabalável
* Pés de Veludo
* Instintos Selvagens

Habilidade Ativa escreveu:

* Sokto: (Duração/Efeito) Rank F Breaker
Essa forma ancestral invoca a herança felina do homem-gato em uma mistura selvagem e persuasiva. Um Sokto Bastet tem músculos flexíveis, membros alongados, vestígios de bigodes nas maças do rosto angulosas e incisivos longos, semelhantes a presas. Seus olhos crescem e suas pupilas se estreitam. Suas orelhas esticam e seu cabelo se incandesce selvagemente e assume a forma de marcas felinas, enquanto pequenas garras se estendem da ponta de seus dedos a seu comando. Nesta forma, o Bastet se torna cativantemente exótico, e ainda assim humano de maneira perturbadora.
Efeito: Transformação Física.
Bônus: +10 BDA/BDM/BDP (apenas um por ativação) / +10 DEQ.
Malus: Ocupa espaço de duas habilidades.
Custo: 20 SP + 1 SP por turno.

Ações escreveu:

* Tudo em Esquiva - Tentar Contra-Ataque
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   10/01/19, 07:52 pm

O trio desceria as escadas sem problemas, entretanto notariam que não havia mais sangue fluindo, as canaletas e o reservatório que antes parecia um rio espesso, estavam agora vazios. Além disso quando terminassem de descer as escadas, veriam uma abertura feita de algum material orgânico similar a carne, porém cheio de bolhas e se decompondo, e mais adiante, caído no chão, estaria Clint. Ele ainda estava com sua armadura de combate, mas essa apresentava rachaduras e algumas estranhas penas feitas de ossos fincadas em algumas partes da mesma.

A catedral adiante não era nada do que viram antes, o ambiente à frente seria perturbador até mesmo para os mais experientes, um rio de sangue quase seco ao centro do caminho seguia dali, irrigando o piso feito de couro avermelhado em suas laterais como se fossem sua mata ciliar, no mesmo tom da carne exposta em uma ferida fresca, onde seres inimagináveis, retorcidos e deformados, estavam moldados como se fossem cadeiras, mesas, estátuas e quadros, formando toda a mobilha e decoração. Nas paredes e nos ditos aparatos mutantes, haviam rostos que se retorciam em expressões de prazer e dor simultâneos, chorando lamentações incompreendíveis a quem quer que ouvisse. Grande estalactites de ossos saiam to teto, empalando humanos que jaziam pendurados, enquanto que seres similares intestinos vivos, drenavam seu sangue e lhe comiam pedaços. Enquanto isso os crânios de tais vítimas eram deflorados por outros tentáculos, que pareciam atravessar seus cérebros, provocando as mesmas expressões faciais dúbias das mobilhas abaixo. Para os recém chegados seria claríssimo onde estavam, aquela era a Catedral de Carne de Yorak, porém todo o cenário estava sendo tomado por bolhas e se desfazendo, como se todo o tecido estivesse contaminado.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   15/01/19, 05:41 pm



Clint utilizou de seu teleporte logo que passava adiante o corredor de carne, desaparecendo completamente da visão de Ubirajara, deixando o Swara bem para trás. Uma vez na plataforma de pedra, o necromorfo veria algo bem diferente, veria o rio de sangue e as canaletas completamente vazias, e jogada ao fundo desacordada estava a vampira do grupo, Shanoa, ainda melada de sangue dos pés à cabeça, dormindo quase que em posição fetal. Subindo mais ele passaria pela escadaria no andar seguinte uma porta escancarada, ilustrada com uma mulher numa biga puxada por dois bois e uma espécie de anjo. Seria fácil para ele reconhecer aquela figura, seria a Deusa Luna da mitologia romana. O corredor estava vazio, até que ele notaria cinzas ao chão e cheiro de sangue, este com certeza de Ubirajara, e uma mancha espalhada na parede. Assim que decidisse passar pela porta, veria um grande salão com piso de mármore negro, decorado em outro e com diversas máquinas de tortura, uma mais insana que a outra e em cada uma delas jazia alguém nu e morto. Algumas tinham mulheres, outras homens, idosos, crianças, até mesmo animais. Todo tipo de cadáver deformado e dilacerado pelas mais variadas torturas estavam ali, algo que poderia facilmente explicar a origem de todo o sangue que circulava ali. Atém disso haviam várias pilhas de cinzas ao chão, pouco mais de trinta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anuar Mubarak
Membros
Membros
Anuar Mubarak

Mensagens : 220
Localização : Em qualquer lugar...

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
5040/5500  (5040/5500)
HP HP:
400/400  (400/400)
SP SP:
290/290  (290/290)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   15/01/19, 08:14 pm

Clint consegue se afastar do grupo e prossegue sua caminhada rumo a parte desconhecida de cima, logo após o teleporte percebe que a plataforma estava diferente, não tinha mais o rio de sangue e as canaletas estavam secas, mas no fundo viu que ainda a vampira estava por ali, era a que tinha se jogado no rio pois não se controlou, não parou para prestar auxilio pois seria algo amais para perder tempo, mas a verdade é que não estava nem ae para esse ser, quem sabe futuramente caso a mesma acordasse, por enquanto seguiu em frente e viu uma porta aberta, descobriu com uma analise simples que se tratava de Luna, fechou a porta e desde já reparou se tinha mecanismos complexos e mais coisas por ali, usando seus conhecimentos, habilidades e vantagens como sentidos aguçados ate a visão espiritual, o sobrenatural estava por toda parte então uma atenção amais nessa parte, sem desconsiderar o lado da ciência, pelos formatos das cinzas era fácil presumir que eram todos vampiros que tinham sido dizimados, nesse momento sempre controlando suas emoções o mesmo iria ver se seus instintos predatórios estavam afiados, se de alguma forma ainda estava aflorado.

Sempre que passasse pelas portas iria fecha-las, primeiro para ver se tinha mais mecanismos ou se a sala mudava em algo com a porta fechada, segundo por que não queria mais ninguém ali com ele e se fosse pra entrar teria que abrir a porta novamente o que iria dar alguns segundos para o mesmo saber o que poderia estar acontecendo se um inimigo fosse aparecer ali, sendo assim prosseguiu, entrou em um salão de qual ficou realmente maravilhado, pois se tratava de uma sala de tortura, com muitas maquinas especiais para isso, se lembrou de sua época medieval o quanto usou muitas das maquinas dessas, iria ver se tinha a Cruz nesse aposento e nela iria procurar algo de diferente, depois uma procura quase minuciosa na sala, para achar uma outra saída desse lugar, não só aquele onde ele passou, isso realmente explicaria o rio de sangue, nesse momento iria tentar perceber se isso faria parte da catedral de carne também, tudo com muita atenção e precisão.


“Creio que eles conseguiram chegar ate aqui, mesmo que tenha exterminados muitos vampiros não tem sinal de confronto de fato, nada quebrado ou etc.. bem vamos focar em algo mais aqui, procurar coisas extras ate na umbra rasa...”


Habilidades Usadas:
 

Vantagens Usadas:
 

capacidades usadas:
 

números de ações de combate:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/watch?v=jX8RTjUUcLE&index=2&list
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   16/01/19, 08:58 pm



Num determinado ponto do salão, embaixo de uma figura encravada de Lamashtu no piso, feita de ouro, estavam três cruzes, e nestas três cadáveres completamente escalpelados, com todos os tecidos expostos, além de pregados às cruzes. Porém como usava de seu dom ocular espiritual, Clint podia der uma criatura que parecia pairar a umbra rasa, esta ficando logo atrás das cruzes o encarando. O ser estranho com certeza era uma criação Tzimisce, uma grande espera musculosa de carne, com dentes pontiagudos e tentáculos, repleta de olhos, sendo um grande no meio de seu corpo, quase como um ciclope, e outros diversos em seus tentáculos. Todos os olhos encararam Clint, e ele teria certeza absoluta de que a criatura sabia que era vista, pois no momento seguinte ela transitou para o plano físico, materializando-se à sua frente. Não demoraria muito para que o ser atacasse, disparando feixes de luz avermelhada de seus vários olhos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anuar Mubarak
Membros
Membros
Anuar Mubarak

Mensagens : 220
Localização : Em qualquer lugar...

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
5040/5500  (5040/5500)
HP HP:
400/400  (400/400)
SP SP:
290/290  (290/290)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   16/01/19, 10:30 pm

Suas investigações não acharam nada de útil, nada do que pensava que ainda poderia está ali, não descobriu se ali era parte da catedral, se tinha acesso para a parte normal da igreja, mais informações do por que foi chamado de fato, nada que poderia somar ao que descobriu antes, pelo contrário, o que de fato descobriu foi mais um inimigo que não teve como evitar, pois o mesmo fazia um percurso da umbra ao plano material em um curto espaço de tempo e já estava atacando com raios a queima roupa, não tinha como sair dessa por inteiro, não era rápido o bastante e se defender tinha seu preço, parecia que a criatura era um acumulo de carne com muitos olhos dos quais vinham os raios, o que seria a boca era grande com dentes serrilhados, uma máquina de matar dos vampiros Tzimisce, realmente pouca coisa poderia ser feita nesse momento.

Clint tinha a noção absoluta que não estava recuperado e que logo iria receber mais dano, ficando assim a mercê de suas manobras para tentar durar mais nesse confronto, tinha pouco tempo pois o que tudo indicava o que sustentaria o local em cima era a parte de baixo que estava em um primeiro momento se dissolvendo, em uma pequena analise estava tudo contra ele nesse momento e isso estranhamente o motivou para esse momento, controlando suas emoções o mesmo apenas iria focar mais ainda na derrota do inimigo, no mesmo momento que iria agir o mesmo pensaria em uma melhor forma de concluir seu objetivo, teve a certeza única de usar as seringas nesse ser, com movimentos simples iria sacar logo duas seringas, iria tentar defender as rajadas com o que desse no momento, braço, perna, buscando uma cobertura em meio aos instrumentos de tortura, em seguida quando tivesse a oportunidade iria golpear o inimigo com essas seringas e olharia bem se isso iria fazer mesmo algum efeito, se era algo útil ou não, ao mesmo tempo que buscaria na memória mais conhecimento sobre esse ser tão destrutivo, tentaria ainda dar um chute só para tentar manter uma certa distância pois tudo era valido nesse momento.


“ Que sorte é essa que ganhei ao entrar nesse lugar?? Só encontro esses monstros estranhos.. uns ate conhecidos e outros que nunca vi na vida.. tenho que achar alguma coisa aqui nessa sala para me ajudar.. alguma maquina aqui pra usar nele.. qual seria?.. “


Habilidades Usadas:
 

Vantagens Usadas:
 

capacidades usadas:
 

números de ações de combate:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/watch?v=jX8RTjUUcLE&index=2&list
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   17/01/19, 10:35 pm





Com seus olhos o ser disparou feixes de luz avermelhados, porém apenas dois conseguiram perfurar a armadura de Anuar, causando-lhe algum dano. Entretanto graças a seu fator de cura elevadíssimo, o necromorfo já se recuperava daqueles golpes e até mesmo dos ferimentos provocados na batalha anterior. Juntando isso ao fato de que Anuar conhecia um pouco sobre os Szlachta, os carniçais deformados dos Tzimisce, Anuar podia julgar que aquele inimigo não era muito forte. Apesar de tal pensamento, o carniçal deformado escapou dos ataques com as seringas e parecia pronto a atacar. Seria nesse momento que uma enorme bola de fogo atingiria o monstro, e este começaria a arder em chamas rolando no chão e gradativamente virando pó. - Parece que a cavalaria chega mais uma vez... - Diria Crowley com um sorriso convencido, bem no momento em que o símbolo de Lamashtu no chão se abria, fazendo surgir um dispositivo como uma alavanca. - Danadinhos esses vampiros, com suas armadilhas e passagens secretas. - Comentaria ele colocando as mãos nos bolsos do sobretudo e encarando a alavanca por alguns instantes. - Estaria interessado numa sociedade? - Indagaria Crowley.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anuar Mubarak
Membros
Membros
Anuar Mubarak

Mensagens : 220
Localização : Em qualquer lugar...

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
5040/5500  (5040/5500)
HP HP:
400/400  (400/400)
SP SP:
290/290  (290/290)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   18/01/19, 04:13 pm

O até então combate entre feras tinha seu início, as rajadas óticas feito pelo seu adversário atingiram Clint que estranhou não fazer muito dano, quando tentou golpear também não teve êxito, já se preparando para um combate mais estratégico e totalmente analítico chega o padre demoníaco que estava com o outro grupo e dispara uma enorme bola de fogo, acabando com a fera com apenas um misero golpe, foi então que conseguia determinar que essa máquina de matar era uma espécie de Carniçal deformado, e foi assim que a luta mortal deve seu fim, apenas o inimigo atacou e teve sucesso enquanto Clint apenas errou e observou novamente outros seres aparecendo como se fosse uma espécie de ajuda, como não se importava tanto assim com os meios mas sim com os fins ficou tranquilo e apenas guardava as seringas que não conseguiu usar, e viu o decorrer dos acontecimentos.

O símbolo de antes era de Lamashtu deu lugar a um dispositivo, nesse momento Clint continuaria com seu sentidos aguçados a mil por hora, olharia a porta se estava aberta ou fechada, se tinha aparecido mais símbolos parecidos com esse que poderiam abrir e se tornar alavancas, voltando a atenção para Crowley pois o mesmo mencionava uma certa sociedade, como sempre no controle de suas emoções e tentando tomar controle também da situação, Clint caminha ate a alavanca e diz.


- De que tipo? o que eu ganho? como seria? É sobre o que de fato?..

“Como eu previ tem algo muito errado aqui, essa possível armadilha não se acionou antes porem teve alguém aqui.. esse Szlachta mesmo sendo fraco não iria morrer com tanta facilidade para uma bola de fogo,, não são vampiros e sim Carniçais.. por mais que esteja tudo literalmente estranho e errado.. não estou conseguindo processar tudo isso.. to começando a achar que tudo é uma grande encenação de cartas marcadas.. como sempre foi.. porem dessa vez chamaram o ator errado para o papel de idiota.. kkkkkkkkkkkk”

Chegando ate a alavanca o mesmo iria apenas tomar cuidado para notar se era uma armadilha ou não, olharia ate se tinha sinais, símbolos e outras coisas do gênero e só depois acionaria a mesma para ver o que iria acontecer, estava disposto a tudo nesse momento, já que estava por ali não iria voltar atrás, puxando o mecanismo o mesmo iria ver qual seria a atitude do falso Padre, esperaria por respostas porem estava focado no que estava fazendo, achou estranho o mesmo não mencionar nada la da parte de baixo porem iria dar tempo para o demônio se enforcar ainda mais, estava analítico em tudo e julgava que o demônio também estava fazendo a mesma coisa, ou era assim que esperava pois não estava ali a toa, queria lucrar com algo e entender mais de toda essa situação. Sempre tentando ficar preparado a tudo ao seu redor.



Habilidades Usadas:
 

Vantagens Usadas:
 

capacidades usadas:
 

números de ações de combate:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/watch?v=jX8RTjUUcLE&index=2&list
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1080
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
8790/9000  (8790/9000)
HP HP:
540/540  (540/540)
SP SP:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   21/01/19, 12:45 am



Não havia armadilha alguma na alavanca, e assim que esta fosse acionada o mecanismo com a imagem de Lamashtu se fecharia, enquanto que uma dama de ferro num dos cantos da sala se abriria, revelando um corredor. - Você parece um cara esperto, com recursos, e eu gosto disso. Eu sou um homem de negócios, e eu honro meus compromissos, não importa o quão sórdidos sejam, nem mesmo que eu tenha que sujar as minhas mãos. E eu, assim como você estou nessa situação detestável por causa de algum executivo metido a filantropo que tem uma quedinha pelo sobrenatural. - Crowley começou a falar, colocando as mãos nos bolsos, sua postura era tranquila, como se não tivesse maiores preocupações. - Atualmente eu sou um dos candidatos a Rei do Inferno, e como tenho meu jeitinho com os negócios, tenho um bom apoio, mesmo assim mais opções, mais oportunidades, e consequentemente mais ganhos. Os garotos são amadores, tiraram uma das proteções e nem exploraram essa sala direito, já você tem olho, tato, habilidade. Não sei o quanto seu empregador paga a você, mas acredito que possamos chegar a um acordo, que tal o dobro? Informações de reconhecimento, alguns alvos em mente, pequenas sabotagens, o de costume. Uma coisa que posso adiantar, Pentex não é nem de longe o que aparenta ser, poucos anos atrás eles eram faxada para arautos da Wyrm, e hoje estão combatendo terrorismo sobrenatural... Pode me chamar de exagerado, mas acho que estão escondendo alguma coisa, e se há algum ganho pra eles nisso, eu com certeza quero tirar a minha casquinha. - Crowley falava com parcimônia e seu tom de voz ia do descontraído ao sério com uma sincronia tremenda, mostrando um controle exímio de emoções. - É claro que a nossa sociedade não terminaria apenas com dinheiro, um bom Rei precisa de conselheiros, cavaleiros, magos, tudo o que for garantir sua permanência no poder, o que me diz?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anuar Mubarak
Membros
Membros
Anuar Mubarak

Mensagens : 220
Localização : Em qualquer lugar...

Ficha do Personagem
Experiência Experiência:
5040/5500  (5040/5500)
HP HP:
400/400  (400/400)
SP SP:
290/290  (290/290)

MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   21/01/19, 07:12 pm

Clint ouvia tudo o que o demônio tinha a dizer com seu controle de emoções nem sequer sorrisos ou desdém, entendia que isso era uma cartada boa do demônio e mesmo não gostando dessa raça poderia tirar proveito também do mesmo, balançou a cabeça de forma positiva e ao ver o corredor oculto que estava na dama de ferro sorriu, sinal que poderia ter mais coisas por ali, caminhando ate ele disse em um tom normal.

- Não irei vencer alma e nem nada do gênero, vamos fazer um teste e se tudo der certo vamos concretizar esse acordo ae.. que já que tem isso tudo não seria apenas o dobro do meu empregador, seria muito mais, além do montante de dinheiro, informações, armamentos, mão de obra, artefatos, joias, artes, equipamentos e tudo mais que for possível.. tudo bem ate aqui??

Andando com muito cuidado o mesmo não iria de modo furtivo, porem tomaria cuidado, olharia tudo que pudesse e ate no lado espiritual, tomaria cuidado com armadilhas sempre pois tinha entrado em uma, só depois que Crowley entrasse no correr, Clint deixaria de propósito o corpo na frente dele para não enxergar a alavanca e iria acionar para a mesma fechar a entrada novamente, não queria deixar pontas soltas caso algum inimigo viesse de trás, de forma sutil é claro, e continuaria a sua investigação nesse corredor, mas não abaixaria aguarda contra o demônio e não iria demonstrar, voltando a falar sobre o que ouviu.

- O cara da marca realmente disse que você poderia saber mais sobre essa tal de Pentex, que consegue encontrar alguém que não quer ser encontrado, chama um ser que tem a marca de Caim, um candidato a Rei do Inferno, uma espécie de caçador que tem a arma que devora demônios e vampiros para fazer literalmente o fogo contra fogo.. evidente que tem algo amais ae, basta saber o que é.. ae sim teremos muito mais do que uma casquinha.. e sim uma fatia do bolo considerável.. e isso que digo.

“Bajulador... sabe falar as coisas certas para os ouvintes certos, já ouvi muito disso e essa tática realmente é a melhor.. poderia encenar um típico mercenário profissional mas ele teve mais tempo de analises do que qualquer um que veio ate aqui, ele sabe muito mais do que disse ate agora e captou muito mais do que disse sobe mim, entre deduções e incertezas o mesmo mais se mostrar mais daqui por diante, pode ser que venha algo amais e é ae que posso ganhar algo realmente bom, se formar essa aliança for mesmo bom poderíamos usar uma base boa de informações e conhecimentos, e o que acontecia a séculos atrás, tão relutante e com raiva me impedia de ver, mas devo aceitar.. sou um demônio muito bom!!!”

Caminhando com todo cuidado para não entrar em outras armadilhas, olhando com atenção para paredes, teto e chão, em uma certa defensiva contra mais vampiros, carniçais e ate mesmo o aspirante a rei do inferno, mesmo não estando em furtividade Clint estava atento, focado e abusando de seus instintos aguçados.


Habilidades Usadas:
 

Vantagens Usadas:
 

capacidades usadas:
 

números de ações de combate:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://www.youtube.com/watch?v=jX8RTjUUcLE&index=2&list
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Templo de Lunaris   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Templo de Lunaris
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Templo de Ashur (Loja Maçônica de Nova York)
» Templo da Kyuubi
» Coisas Escuras e Perturbadoras.
» #Capítulo 01 - Trevas
» Ilha de Ilk Hata

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Multiverso da Fantasia RPG :: Quest's/Eventos/Nações :: Área de Eventos :: Arco 1 :: Catedral da Sé-
Ir para: