Somos um Fórum de RPG, focado em D&D, porém com sistema mais aberto. Criação de personagem e raças completamente customizáveis!
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 As aventuras sensuais de um homem trabalhador

Ir em baixo 
AutorMensagem
mestrej
Membros
Membros
mestrej

Mensagens : 194

Ficha do Personagem
HP HP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador JJXZErR30/30As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (30/30)
SP SP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador I1VDEPa50/50As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (50/50)
Itens de Evento:

As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime27/05/19, 11:38 pm

James acordou na manhã seguinte a chegar naquele novo mundo, a seus pés a garota mais bonita que já havia visto adormecida depois de uma noite de prazer. Agora de dia e fora da emoção do momento ele pode examinar melhor o templo em que se encontrava:
era principalmente feito de uma pedra branca, começando do fundo para o altar se podia ver que a arquitetura está mais próxima do gótico com arcos com formato ogival e vários vitrais cada uma com uma ilustração que tanto parecia contar alguma passagem histórica ou religiosa quanto transbordava de nudes e sensualidade, porém faltava contexto para entendê-las corretamente.
Haviam vários bancos de madeira colocados em linhas os quais vinham com uma pequena mesa ligado a eles, grande o bastante para um livro, e na haste de madeira que ligava os pés da cadeira e a mesa havia um pau de madeira, não era necessário nem um contexto para entender aquilo, os caras se sentavam para os ritos religiosos, tinham onde colocar seus livros e as mulheres iriam ficar ajoelhadas entre as suas pernas naquele dildo de madeira.
Do lado de cada linha de cadeiras havia uma viga e nessas vigas estavam esculpidas as estátuas de diversas mulheres que sustentavam o teto, todas diferentes entre si, com roupas diferentes, em posições diferentes, com formas de bondage diferentes, mas todas muito lindas e fazendo caretas de prazer variadas claramente cada uma estava sendo retratada enquanto tendo um orgasmo, além disso as correntes de seus pulsos ligavam uma estátua a outra e as de seus pescoços pareciam segurar um grande candelabro de cristal que estava totalmente apagado, mas parecia ser capaz de iluminar o lugar caso fosse acesso, James supôs que cada uma daquelas estátuas representava alguém real que foi importante algum dia, lhe deixando bastante curioso.
No altar está uma fonte em forma de taça com um bico que que deixava seu líquido escorrer para uma grade, sobre a qual havia uma estátua de Nut de cócoras abrindo sua buceta com os dedos e deixando o líquido cair dela dentro da mesma, a estátua totalmente envolvida em correntes e assim como as outras tendo um orgasmo.
O líquido que caia da buceta da estátua era viscoso, transparente, translucido, mas ainda fluido, como se a estátua realmente estivesse tendo um orgasmo eterno.
Atrás da estátua estava uma grande pintura de um sol com seus raios contorcidos como tentáculos e louvando-o estavam seis figuras femininas muito bonitas também tendo orgasmos entre as quais estava Nut e um par de garotas monstro.
-ta ai, isso que eu chamo de um lugar ricamente decorado, fiquei curioso.

A grande porta de madeira no fundo foi aberta timidamente soltando um rangido um pouco alto e delas entraram duas mulheres vestindo dos pés a cabeça em borracha, uma azul e uma roxa não deixando nem uma pele a mostra, ambas estavam usando um capuz de freira de borracha, com uma máscara que cobria suas características faciais, grandes lentes que não permitiam ver seus olhos suas bocas estavam preenchidas com uma mordaça que lhes davam lábios falsos de látex bem inchados e pareciam cobrir o interior de suas bocas que estavam babando, suas roupas apresentavam a gola branca padrão de uma roupa de freira, mas bem mais justas e com um sol com os raios torcidos, abaixo disso havia látex de cor mais escura, como se a pele delas fosse uma cor e as roupas outra, seus seios estavam na cor mais clara como se as roupas tivessem sido feitas para mostrar seus seios que estavam cobertos com a borracha mais clara justa em seus corpos, os mamilos e suas auréolas envolvidas em borracha vermelha, ambos os trajes tinham mangas das quais saíam as correntes que deixavam suas mãos extremamente próximas umas das outras, as quais estavam usando luvas que envolviam completamente suas mãos em globos de borracha. enquanto a mulher de azul parecia estar usando calças boca de sino e saltos plataforma a mulher de roxo parecia esta usando um vestido que não cobria sua virilha e botas altas de salto alto, em suas coxas ambas as mulheres tinham pegadores vermelhos para facilitar segura-las e suas bucetas e traseiros tinham os mesmos lábios de borracha e estavam pingando a cada passo que elas davam.
-isso é absolutamente sensual mano, de certa forma um pouco artistico, arte pornografiaca viva, mas eu acho que elas devem ficar com calor, com que frequência será que elas usam isso?

Ambas as freiras de sacanagem passaram por James soltando um gemido como saudação e foram para o alta parando rapidamente para fazer o que era claramente uma reza silenciosa e depois indo realizar diversos trabalhos no mesmo e na parte de trás do mesmo, não é preciso ser um gênio para perceber que elas estavam preparando o culto.

Um padre quase que sem graça por comparação entrou um pouco depois com a mesma batina de todo o padre, sem adornos, era um homem na meia ideia de feições serenas e cabelos pretos e foi até James com tranquilidade, realmente não atraia atenção.
-Bom dia meu jovem, chegou um pouco cedo para o culto.

James sem saber bem como responder se coçou e se desviou do assunto.
-É… bem… essa catedral é linda, eu gostaria de saber mais sobre todos esses vitrais e estátuas, são bem bonitas.
-Então fique para o culto, deve começar em meia hora mais ou menos e pode te interessar bastante. -respondeu o padre parecendo não notar ou não se importar com a evasão de James e seguiu para a parte de trás do altar

Foi então que sua atenção foi atraída para sua garota, Kinky, que estava agora sentada e bocejando e com sua mordaça pendurada no pescoço.
-Bom dia mestre James. Nós vamos ficar para o culto?

Um pouco desajeitado com o novo mundo ainda James respondeu:
-Sim, estou curioso sobre várias coisas.

Então ele pegou as coisas deles e se sentou na terceira fileira colocando Kinky, ainda um sonolenta e acordado lentamente, em sua coxa por enquanto e apenas ficando perto por algum tempo ainda desajeitado com a situação toda e esse lance de estar em um novo mundo, tentando pensar em como quebrar o gelo, pois só agora percebeu que tinha feito sexo com uma total desconhecida no calor do momento e aceitado a ajudar em algum tipo de jornada de aventuras.
-isso parece tipo de coisa que vai me meter em problemas, mas é só eu manejar direito essa garota e eu devo evitar confusão… ao menos eu espero isso. Ah, isso me deu uma ideia.
-Então, Kinky, certo? Você quer ser uma heroína não é? O quem te inspirou a isso? Aposto que foi alguém com uma história bastante marcante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hagatsune
Boss
Boss
Hagatsune

Mensagens : 708
Localização : Tenkai

Ficha do Personagem
HP HP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador JJXZErR100/100As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (100/100)
SP SP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador I1VDEPa500/1000As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (500/1000)
Itens de Evento:

As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: Re: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime31/05/19, 10:15 pm

James aceitou ajudar a deusa Nut fazendo alguns trabalhos para ela quando requisitado, em troca ele poderia ir para o mundo de seus sonhos mais excitantes, e assim que acordou no próximo dia, este mundo novo já se fazia presente. Estando dentro de uma catedral bem diferente, era complicado não viajar nos detalhes tão explícitos dela. No todo ela instigava o sexo e a sexualidade feminina, no sentido sensual mais bruto que poderia existir, algo que em sua mente ficava guardada num canto trancafiado em seu outro mundo. Seus olhos pegavam todos os detalhes, não deixando passar nada dali, até que sua atenção se voltaria para duas mulheres que entravam na catedral. Suas vestes era algo que James jamais imaginaria ver na realidade e o máximo que via era algo semelhante em vídeos de sites xxx, porém era algo BEM leve comparado com aquilo. Vendo as mulheres andando com aquela roupagem, correntes e aquele suco sexual pingando pelo chão, ele sentiria-se excitado principalmente quando as ouviu gemer pra ele, como cumprimento. Não demoraria muito para que um tipo de padre entrasse lá, suas roupas eram bem simples e normais comparadas com as vestimentas das garotas, o que o deixava até sem graça. Ele viria falar com o rapaz, percebendo que era novo ali, e logo se afastaria para fazer suas obrigações antes que a missa desse início, deixando um convite aberto pro rapaz caso quisesse ficar para participar. Nisso Kinky acordou de seu sono, e seguindo James, foram para a terceira fileira esperar o início do culto. Assim que ele puxou conversa com ela, a mesma corou repentinamente e só afirmou com a cabeça respondendo as duas primeiras perguntas dele, ficando surpresa com suas outras perguntas. -Ah bem, existem algumas heroínas, mas claro que elas não seriam nada sem seus donos, então a maior parte do crédito vai pra eles. Mas eu conseguindo um dono posso ter uma chance a mais nesse caminho, né? -Perguntou explicando a ele de uma maneira simples. -Eu acho que logo o culto vai começar, mas em uma outra oportunidade posso contar pra você algumas histórias, se o mestre desejar. -Completaria ela enquanto a igreja enchia pouco a pouco e ao lado deles dois casais se sentariam, um de um lado e o outro do outro. Do lado esquerdo uma bela mulher de roupas vermelhas, sendo uma cinta com um pequeno sutiã e calcinha, botas grandes até o meio da cocha, longas luvas vermelhas quase até os ombros e uma máscara de ferro vermelha presa em seus olhos. Do outro lado a mulher era bem mais corpulenta que a de vermelho, usando uma roupa de laica negra praticamente interiça, longas botas, um cape na cabeça e uma gargantilha com corrente. A de vermelho estava a companhada de um rapas loiro, vestindo roupas sociais creme, porte forte e óculos escuros com luvas negras nas mãos. A outra estava acompanhada de um rapaz menor que o loiro, vestindo sobretudo negro estilo roqueiro. Se ele olhasse para o resto da catedral, veria que uma boa parte das mulheres usavam mordaças e correntes de restrição. Quando ele olhasse pra Kinky ela estaria estática, como se tivesse visto um fantasma, porém não daria tempo de perguntar nada, o padre logo se pronunciava dando as boas vindas a todos. -Vamos iniciar uma breve oração para nossa deusa Nut, e que nosso conhecimento seja cada dia melhor para a vida prazerosa de nossas servas. -Diria ele e todos os homens diriam. -POR NUT! -Num coro, enquanto as mulheres se ajeitavam à frente daquele dildo de madeira esperando que seus mestres as encaixassem ali. O rapaz loiro rapidamente puxou para o lado a calcinha vermelha dela, colocando a mordaça na boca dela e a puxando pela cintura, enfiando-o completamente dentro da vulva molhada dela. O rapaz de sobretudo fez a mesma coisa e isso aconteceria com todos. Kinky estava ajoelhada à frente de James esperando que ele fizesse o mesmo com ela.


Imagens:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgfantasyworld.forumeiros.com
mestrej
Membros
Membros
mestrej

Mensagens : 194

Ficha do Personagem
HP HP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador JJXZErR30/30As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (30/30)
SP SP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador I1VDEPa50/50As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (50/50)
Itens de Evento:

As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: Re: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime31/05/19, 11:07 pm

James se sentiu um pouco aliviado pelo quebra gelo e aquelas palavras submissas realmente estavam mexendo com ele, chegando até a ficar um pouco mais solto com aquilo tudo e ficando a vontade o bastante para colocar uma mão no joelho dela com carinho
-Pode deixar, eu vou te ajudar e ficarei feliz de ouvir as histórias depois. - disse ele com um sorriso afetuoso e meio afetado com antecipação em ouvir aquelas histórias em climas mais confortáveis, chegando a viajar o bastante para a igreja começar a ser preenchida.
James notou os casais ao seu lado admirando as duas mulheres por alguns instantes curtindo a visão e parando para lembrar sobre as regras daquele mundo e tentando tirar uma media.
-A quarta regra desse mundo diz: Homens que restringem severamente os corpos e sentidos de suas mulheres são vistos como controlados e arrogantes. Homens que deixam suas mulheres terem muita liberdade enquanto isso são vistos como preguiçosos e irresponsáveis. O grau que é preferido varia entre os indivíduos. A mulher de vermelho está usando pouco, mas está muito bem e seus olhos estão vendados e a de preto está menos restrita, mas está em uma coleira, eles não fizeram muita questão de se demonstrar controlados ou arrogantes, mas pelo jeito o rapaz de terno é mais preocupado em não parecer preguiçoso... considerando o que a Kinky está usando eu devo parecer muito controlador e arrogante.
James olhou ao redor pensando sobre essa teoria, mas tendo dificuldades em determinar se sua conclusão estava correta ou não, apesar disso a visão foi bastante divertida em todos os sentidos como ele realmente estava ficando curioso sobre as vestimentas femininas nesse mundo como um todo, anotando como outra dessas coisas nesse mundo que ele deveria parar para conhecer.
Quando ele voltou a olhar para sua garota percebeu o olhar em seu rosto e estava prestes a falar, mas o padre começou o culto naquele exato momento.
-Ela viu algo problemático, mas eu vou ter que deixar para depois do culto. Aproposito essas palavras foram bastante interessante para o início do culto, eu realmente estou curtindo essa religião.
-POR NUT! - Falou ele um pouco atrasado e com um sorriso meio abobado enquanto olhava sua garota se ajoelhar, então seguindo com todos os outros ele encaixou a mordaça de anel um pouco exagerada na boca de Kinky e a apertou um pouco antes de acariciar seu rosto, afastou sua saia para ter certeza que ela não estava usando nada por baixo ou afastar caso estivesse usando calcinha e segurando seus ombros a guiou para o dildo pressionando-a para lentamente descer sobre ele e apertando seus ombros com os dedos em um desejo carnal, ou seja fez o mesmo que todos os outros, mas curtindo muito como o cara que só recentemente tinha perdido a virgindade como ele era.
Em seguida ele ficou o mais atento que pode para o que viria a seguir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hagatsune
Boss
Boss
Hagatsune

Mensagens : 708
Localização : Tenkai

Ficha do Personagem
HP HP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador JJXZErR100/100As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (100/100)
SP SP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador I1VDEPa500/1000As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (500/1000)
Itens de Evento:

As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: Re: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime01/06/19, 01:53 am

Ela sorriu pra ele após ouvir o que ele disse. Ele se lembraria de uma das regras sem muito esforço e também repararia na forma como as duas mulheres ao lado se encontravam e nas outras de todo o local, se considerando bem controlador e arrogante aos olhos alheios, mas o que ninguém ali sabia era que ele tinha caído de paraquedas naquele mundo e ela já estava vestida daquela forma tão restringida. Da mesma forma que os outros homens da sala, James colocou a mordaça exagerada na boca dela, a apertando um pouco, porém sendo carinhoso. Em seguida subiu um pouco a saia dela reparando que não havia nada ali para atrapalha-lo e a ajeitou no dildo, puxando-a para mais perto pelos ombros penetrando aquele pedaço de madeira dentro dela. Ela gemeria alto ao ter aquilo enfiado dentro de si, por ser muito rijo lhe daria certo desconforto e prazer, porém o som seria bem abafado por conta da mordaça. Nisso as duas freiras que entraram mais cedo se colocaram em lado opostos à estátua de Nut em cima de um espaço vazio, e lá elas ficaram de quatro. -Todos sabemos o quão sagrado é transarmos com elas. Nut nos deu essa dádiva! Mulheres belas, dispostas a nos servirem e nos dar todo o prazer que seus corpos podem dar. Servas competentes e obedientes que seguirão nossas ordens e satisfarão nosso desejo carnal mais intenso e sombrio. -Diria a padre abrindo os braços e olhando pra todos e todas. -Mas nós não devemos ser displicentes e abandona-las. Elas merecem nossa atenção e devemos ser bons a elas para que nossa energia nunca falte! Sermos bons significa o que? -Perguntaria ele e todos os homens diriam em conjunto. -Realizar nossos desejos carnais em nelas, nos satisfazer completamente e satisfazê-las desta forma, alegrando Nut! -Diriam num coro fazendo o padre sorrir e fechar os braços. -Agora as mulheres agradeçam Nut e deem a ela seus gozos. -Nisso todas começaram a se mover no dildo, fazendo os movimentos de penetração em velocidades variadas. Alguns homens ajudavam suas servas as puxando pelas correntes ou pelos cabelos, até que conforme elas gozavam, aquele líquido viscoso que caía da estátua aumentou de quantidade. As duas freiras se masturbavam com suas mãos até algo semelhante ao que havia nas cadeiras aparecesse onde elas estavam como se estivesse guardado dentro da pedra, e ambas montaram de forma que todos vissem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgfantasyworld.forumeiros.com
mestrej
Membros
Membros
mestrej

Mensagens : 194

Ficha do Personagem
HP HP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador JJXZErR30/30As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (30/30)
SP SP:
As aventuras sensuais de um homem trabalhador I1VDEPa50/50As aventuras sensuais de um homem trabalhador GnsUAW7  (50/50)
Itens de Evento:

As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: Re: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime01/06/19, 11:32 am

James se deliciou com aquele gemido de Kinky e teve até dificuldade de desviar o olhar de volta para o altar para a continuação como ele mantinha um contato visual intenso, seu animo o fazia sorrir como um bobo enquanto abria e fechava suas mãos agora mais suadas e sentia sua própria excitação aumentando. Foram apenas as palavras do padre que fizeram ele voltar ao culto.
-Viva a deusa Nut, isso sim é uma deusa que eu gosto, super prazeroso, mas também responsável, tem até um toque romântico nisso... quero dizer as pessoas de onde eu venho não achariam isso, mas eu sempre achei que havia um toque romântico nisso.
-Realizar nossos desejos carnais em nelas, nos satisfazer completamente e satisfazê-las desta forma, alegrando Nut! – falou animado bem mais próximo do restante do coro.
Aproveitando a deixa do culto ele segurou a coleira dela e seu cabelo puxando um pouco, tentando apresentar um pulso firme, mas sem machuca-la, e a guiou em um ritmo intenso, fazendo-a rebolar até ela gozar, seu sorriso era bastante sujo, mas ele não quebrava o contato visual nem um momento. Ele já estava realmente com tesão com aquela cacofonia de orgasmos e tinha certeza, tinha feito um bom negócio ao aceitar vir a esse mundo.
James depois voltou sua visão para o altar e viu o aumento do fluxo de gozo e viu o espetáculo que as freiras estavam dando.
-oh, sim, essas freiras gostosas em seus trajes de corpo todo, a fonte magica com o gozo sem fim, os outros mundos de fantasia não valem nada comparado a isso mano, o que será que vem a seguir? – pensou ele com a barraca armada e tentando se comportar como os outros caras na igreja, mas suando um pouco e mexendo os dedos em emoção não contida.

Off: isso conta como estudo de teologia? eu sei q eu to curtindo esse culto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




As aventuras sensuais de um homem trabalhador Empty
MensagemAssunto: Re: As aventuras sensuais de um homem trabalhador   As aventuras sensuais de um homem trabalhador Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
As aventuras sensuais de um homem trabalhador
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A Noite Sem Fim - Serenata para a Eternidade (Crônica Oficial)
» Magazine Top Gang / Outubro 2014
» Long-gone London: Capítulo III – A toada da traição
» Nathalie Lisier Ardene (Pablo Luna ) - Tremere

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Multiverso da Fantasia RPG :: Mundos RPG :: RPG - Ningenkai :: Hagatsune-
Ir para: