Somos um Fórum de RPG, focado em D&D, porém com sistema mais aberto. Criação de personagem e raças completamente customizáveis!
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime29/11/18, 12:07 pm

Ximeerra se reverencia perante o público, voltando a atenção para seu pai e J'Lamba. - O que eu tenho a dizer? Eu adoro me exibir! - A moça comentaria jogando a cabeleira de nariz empinado com sentido de orgulho. Cresce o olho ao ver o mecanismo holográfico formar o vídeo a seguir. - Uaau, que baguacidade de tecnologia! - Prestaria grande atenção ao bracelete, até que a música tocando a chamaria atenção pro próprio vídeo.
   Após assistir o clipe musical, Ximeerra escuta o depoimento de J'Lamba, e seu rosto expressava um estado de pensamento para teorias. - Quanta promiscuidade, esse tempo é das femme fatales mesmo...o clipe é bem produzido até, quanto a letra...eu não sei qual a tara desses olhos-puxados de meterem 'ingrêis' no meio das músicas, o idioma deles é tão charmoso...essa letra até provou pra mim que as gurias podem ser sisudas. Fora isso, eu quero muuuito saber que tipo de maquiagem eles põem nessa poposa aí pro rabo dela ficar cristalino, porque eu quero também, e eu vou ficar muito magoada se for computação gráfica! Essa gaja roxa de salto de ponta e pele falsa tem muita cara de ser devassa, eu chutaria que seja ela. Mas eu admito, ela se veste como a diva que ela clama. A motorista desenfreada também é bem suspeita, agora quanto a mulecona psicodélica e a asinha-zoiúda...eu não tenho muita coisa a declarar, posso estar cega em tiroteio...  Ei, 'cê pode me falar os nomes das gurias? - Comenta freneticamente sobre o clipe como uma fanática pelo ramo faria.
   - Bom, eu vou adorar viajar pra lá, contanto que me deem um tempinho...ainda temos que ver o Onúris pelear pelo trono, né? Eu também quero dar um peteleco no nariz dele.
Eu também quero descansar uma noitezinha. Enfim...eu topo essa tarefa, mas não sei se vou lá só pra investigar, eu vou tocar? Se sim, as minhas manas vem comigo? -
Questiona arduamente sobre o planejamento de suas viagens.

Vantagens escreveu:
- +7 em Testes de Línguas (Habilidades)
- +10 em Testes de Práticas Artísticas (Disciplina)

Capacidades escreveu:
- Conhecimento – Línguas/Nível 10 - 1000/1000 MAX.
- Prática Artística – Compôr/Nível 10 - 1000/1000 MAX.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime29/11/18, 09:03 pm



Não havia muito que a mulata pudesse descobrir na música, além de que sim, havia sinais de computação gráfica nas caudas da raposa e em outros efeitos do vídeo, mas alguns pareciam absurdamente realistas, certamente Dons ou poderes sobrenaturais. Não era bem seu gênero musical, mas poderia ser apreciado. - Miyeon é a Kitsune loira, Soyeon é a rapper, Madison é a suposta Succubus, e a última integrante é Jaira. Tudo a seu momento, primeiro poderá ficar em Wakanda e aprender tudo o que quiser, como também se preferir poderá fazer isso depois, saiba que sua família como um todo é bem vinda. - Diria J'Lamba sorrindo. - Pelear? - Indagaria o pai. - O Ahadi a cada dez anos faz uma reunião com todas as tribos, onde aqueles que desejam, podem desafiar o Rei pelo título, além disso com a morte do Rei Ajani, caso o Príncipe T'Challa queira ser coroado, ele deverá passar pelos desafios. - Respondeu o Makunguru prontamente. - Um Rei não é apenas um guerreiro. - Retrucou Marques. - Um Rei deve compreender seu povo, conhecer amigos e inimigos igualmente, somente numa luta franca é que se pode conhecer alguns. E se ele souber usar de conhecimento e experiência, um guerreiro sozinho pode derrotar múltiplos adversários. - Afirmou o africano com um tom reprovador às palavras do pai de Melena.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime30/11/18, 12:06 am

Ximeerra anotava todos os nomes das ídolas coreanas em seu celular enquanto o J'Lamba respondia as breves sentenças de Marques. - Bom, do jeito que o mulato ficou em prantos e rugiu a garganta pra fora, eu ACHO que ele vai querer ser coroado por amor do pai e da nação. Esses desafios não vão demorar pra acontecerem, né? Viemos pra cá por isso, eu quero testemunhar o máximo possível. Mas eu ainda quero um cochilo... - A gaúcha expressa sua opinião terminando com um bocejo que erguesse seus braços e coluna para trás pelo cansaço.
   - Ah ié...er...eu aprecio que 'cê tenha me levado pra esse maravilhoso templo...mas pra quê exatamente você levou a gente pra cá afinal? Epifania espiritual? Porque eu tô pegando fogo só de olhar pra estátua de Hórus. - Pergunta com a ficha caída sobre o motivo do deslocamento local anterior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime05/12/18, 11:20 pm



- Os aposentos destinados a vocês ficam para esta parte do reino... Me acompanhem mais um pouco por favor... Irei guiar-lhes e poderão banhar-se, trocar-se e comer, para depois descansarem se assim preferirem. - J'Lamba riu brevemente para Melena, mas prontamente respondeu-lhe, caminhando para mais adentro do templo. - Nós vivemos ligados à Mãe e é claro ao Filho-Rei. - Conforme avançassem veriam que o templo por dentro tinha um rio, algumas quedas d'água artificiais, como se houvesse um sistema de irrigação engenhoso ali. Plantações de frutas e verduras verticalizadas, e um bom número de mulheres, crianças e adolescentes ainda trabalhava cuidando das hortas e colhendo o que plantavam. - Tudo isso é... Magnífico... Construíram tanto em tão pouco tempo, como foi possível? - Indagaria o pai da mulata maravilhado olhando para toda a estrutura que misturava as inscrições e hieroglifos tribais, com luminárias tecnológicas e hortas verticalizadas abundantes. - Guardamos segredos para o mundo de fora, mas entre as tribos do Ahadi repartilhados conhecimentos, Dons e descobertas. Sabiam que um punhado de terra e sementes energizado por um Simba se torna fértil como se tivesse sido tocado por Gaia? Os Bagheera conhecem da tecnologia e da agricultura, os Bubasti desbravaram os segredos dos templos e os repartilharam, os M'Bembe mantém vivas tradições antigas, os Ajaba e os Nuwisha trazem a voz do povo aos ouvidos dos líderes, e nós espionamos e aprendemos com todos eles e ensinamos a quem deseja. - O líder Corax explicava mais de como as tribos funcionavam, porém alguns nomes ainda eram estranhos para a mulata. Ela reconhecia Nuwisha, Simba e Bagheera, porém M'Bembe, Bubasti e Ajaba lhe eram estranhos. - Então Ajani e Kisasi estavam certos, as ruínas guardavam conhecimentos. - Completou o pai. - Prometemos não falar disso com forasteiros, mas sim... Dadas às circunstâncias você e sua família são Makungurus... Tecnologias e artes sacras variadas, aqueles que construíram os templos realmente desejavam compartilhar seu conhecimento... Infelizmente não sabemos quase nada sobre a história dessas tribos antigas, apenas que deixaram os Templos de pé para proteger seus tesouros dos humanos e sobrenaturais que não os Fera. - Depois de um belo pedaço andando eles finalmente sairiam do templo, indo para uma imensa árvore que funcionava quase como que um castelo. Os metais e outros materiais das casas contrastavam com o verde da relva, fazendo um belíssimo mosaico, futurista ao mesmo passo que era naturalista. - Wakanda cresceu rápido graças aos conhecimentos, ao esforço, e a união... Importamos alguns produtos especiais também para as nações aliadas, como o Sigmetal e alimentos... Nada que ultrapasse os limites que aos olhos do mundo humano chamem a atenção, porém uma grama de Sigmetal vale mais que um quilo de diamantes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime28/02/19, 10:37 pm

Melena se encontra tão maravilhada como seu pai ao observar o sistema de irrigação dentro do templo exposto, combinado com a mão de obra de diversos locais para uma colheita feita organicamente. Com o passar da exposição, a moça se sente impulsionada de puxar seu aparelho celular para recordar digitalmente pela câmera, mas repulsa a atitude colocando-o devolta em sua bolsa enquanto escuta através do Makunguru sobre a filosofia reclusa do ambiente. - Desculpa, eu 'tendi, sem fotos, só olhos mesmo. Nem a minha mãe entendia muito do porque manter todas essas maravilhas guardadas do exterior, mesmo com todo o mal lá fora, mas eu não vou forçar a nossa confiança. - Estabelece sua compreensão com as mãos atadas nas costas, gesticulando o progresso da caminhada. - Falando nisso, desse povo que 'cê mencionou, eu só reconheço os coiotes, panteras e...é claro...os leões. Mas falando da nossa tribo de corvos...'cês têm acesso desses conhecimentos e artes desses exemplares antigos? Guardar a informação eu reconheço que seja crucial, mas nesse caso em particular, seria perigoso pra esse inventário ser exposto pro resto do mundo? - Questiona com um tom que esbanjasse sua curiosidade ainda mais, enquanto andava automaticamente pela escolta de J'Lamba.
   É agraciada com mais uma vista que superasse a anterior, o mosaico metálico na árvore estacionalmente funcional brilhava sobre os olhos da gaúcha, que a faria se apoiar nos ombros do pai de boca aberta enquanto ouve a descrição breve do Corax. - Bendito Sigmetal...até parece que eu já sonhei com isso...nem se compara com as histórias que a mamãe contava. Eu nunca vou tirar essa paisagem da minha mente... - Permaneceria estagnada encarando o exterior do destino até que sentisse que teria guardado todos seus cantos cardeais em sua memória.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime03/03/19, 11:00 am



- Muitos povos, não só os humanos, como outros metamorfos e sobrenaturais, eles pensam em outros seres como inimigos ou obstáculos. Cada povo é responsável pelos atos de seus representantes, e cada um dos Corax aqui aprende sobre as tradições antigas, a magia e a ciência, para que possamos ajudar nossos irmãos de sangue e nossos irmãos de Gaia. Existiram aqueles desde o início da formação de Wakanda, que buscavam riqueza e poder, sem pensar nas consequências. Outra Guerra da Fúria ou outra Guerra Mundial, é apenas a violência e a força bruta que alguns procuram, e o mundo não precisa disso. - Explicou J'Lamba. - Então são seletivos para que não seja usado esse recurso como bélico... Nobre, mas vocês portam armas e aprendem a lutar, não é? - Indagou o pai de Melena, de braços cruzados e cenho franzido. - Sim, as artes da guerra fazem parte da sobrevivência, doutrinas marciais também tem seu valor como forma de preparar os caçadores e defensores, além da filosofia delas moldar o caráter. Aprendemos muito graças aos Bagheera que viajaram por tantos países, bem como nossos próprios irmãos que voaram longe de casa. Os Simba por exemplo, para muitos dos próprios Bastet são tiranos e orgulhosos, apesar disso podem ser considerados honrados e destemidos. Aquilo que pode ser ruim, pode ser bom, cabe as medidas e as intensidades. Por isso eu... Estou ponderando uma loucura... - Responderia J'Lamba com um sorriso, à seguir dando uma breve risada. Isso faria o pai da mulata apenas aproximar-se mais dela, como que tentando protege-la. - Perdão, escolha infeliz de palavras... Temos um ritual, a cada dez anos realizamos um desafio... O Rei vigente deve aceitar lutar contra os demais membros do Conselho, aqueles que desejarem desafia-lo, poderão tomar o trono de forma justa, porém suas motivações e seu combate serão julgados por todos... Esse é o ritual de combate que acontecerá amanhã... O Príncipe T'Challa para que seja coroado Rei, deverá aceitar os desafiantes... E eu estou ponderando desafia-lo... - J'Lamba falava com uma postura mais recatada, não tão imponente e com a cabeça levemente abaixada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime04/03/19, 02:51 am

Música Tema - Motivação Libidinosa


- Ainda me estoura a cachola de pensar que todo mundo precisa se armar nesse mundo, mesmo por motivos pacíficos. - A moça reage com um gesto de desdém pela discussão batida, com uma mão na testa, continua a ouvir os comentários de J'Lamba. Os olhos da gaúcha brilham, ao perceber um fragmento de ressentimento e arbítrio do representante Corax, no mesmo momento que seu pai se aproxima para um atitude protetora. Com o procedimento da justificativa do homem, Melena encara para seu lado no rosto de Marques, com uma expressão permissiva. - Sossega pai... -
   Com poucas palavras, a donzela se afasta de seu pai, se locomovendo à frente de J'Lamba, decorando cada canto de sua postura rebaixada, onde após segundos de análise, Ximeerra serenamente agarra seu queixo mirando os olhares de ambos para tomar sua atenção. - Ei tchê, que baixa é essa? O que te recua pra tentar? Não me fala que 'cê tá desconfiante? - Com um tom suave em sua voz e seu toque, usa sua outra mão para acariciar o ombro até o antebraço do Corax. O mero tato de suas mãe finas contra a rigidez da musculatura do africano provoca uma pequena risada resultado de sua respiração que fica mais densa. - Eu sou nenhuma amante ou praticante das artes da guerra, mas pelo ambiente que 'cê nos mostrou, há de existir um povo que ame lutar por um objetivo, seja por defesa, seja por conquista, ou até que seja por mero esporte. Você me parece que quer fazer isso por muitos motivos, creio que tenha etnias e idéias pra servir sua nação, se a sua posição agora seja um indicativo. - Ximeerra supõe sua visão em relação de J'Lamba, e sua mão que estava no braço do mesmo, agora estava encostando sobre o peitoral na região que o coração do rapaz estaria localizado, ao mesmo tempo que sua mão agarrada no queixo alcança para o lado da cabeça próximo à coroa.
   - Mas eu tenho o meu lado humano, além da minha parte corvídea. E se eu quero me comprometer em algo, eu vou lá e faço, independente de quanto tempo eu demore pra pôr tudo no lugar além das minhas próprias dúvidas, e que no final eu não consiga agarrar um lasco daquilo. Mas no final das contas, eu fico muito mais lisonjeada só por eu ter sido ativa fazendo o troço, muitas vezes minhas vitórias foram menos gratificantes que a jornada. Então meu guapo, se você tem vontade de cumprir esse desafio mais do que seja o resultado, é melhor ir lá e pronto. Não acredito que 'cê tenha algo à perder além de ganhar, isso sendo as parabenizações de seus irmãos e irmãs, além da sua própria gratificação por ter tentado! - Com batidinhas no peitoral do rapaz, a mulata entrelaça as intenções de motivação com uma linguagem mais encantadora entre uma conversa de mulher para homem.
   - O Onúris é um ótimo colega, e você sabe como eu que ele também é um prometido adversário e herdeiro, mas essa é uma situação experimental que eu creio que 'cê devia tomar. Eu vou estar torcendo por vocês dois, afinal, as suas aspirações são mútuas, e tu é um homem forte e inteligente, o pacote inteiro! Só de ouvir você falar me encantou com essa malevolência culta, eu tô errada sobre você? - Ximeerra compreendia como agravar o alto astral das pessoas, principalmente do sexo oposto, ao se descolar de J'Lamba, daria uma última vista para seu arredor, seguida de um bocejo pós espreguiçamento. - E aí tchê? Quer nos mostrar mais alguma coisa? Se não, já podemos...banhar, trocar, bater um rango, e dormir? Porque eu gamaria em fazer essas quatro coisas com você essa noite! Eu tenho meu tempo de vida com meu pai, mas não sei quanto tempo eu vou ter com você, meu gajo... Eu quero ver até onde esse seu pique vai! - Sorrindo apesar de séria, pergunta para o Corax enquanto vira sua atenção, dando uma piscada de olho para o pai ao terminar sua sentença.

Ações escreveu:
1. Ativar Assovio Harmônico.

Habilidade:
 

2. Seduzir J'Lamba enquanto o motiva.

Capacidades:
 

Teste de Sedução escreveu:
Ximeerra efetuou 1 lançamento(s) de dados Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 D100_zpsbvqo5vpp (D100.) :
95

3. Convencer J'Lamba para dividir um quarto consigo mesma.

Capacidades:
 

Teste de Convencimento escreveu:
Ximeerra efetuou 1 lançamento(s) de dados Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 D100_zpsbvqo5vpp (D100.) :
61
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime07/03/19, 10:04 am



- Eu... Bem... É... - J'Lamba pareceu ficar sem reação definida com a aproximação dela, como se estivesse hipnotizado nos belos olhos azuis da mulata. Isso até que o pai dela limparia a garganta em tom alto e reprobatório, fazendo-o despertar do transe, rindo sem graça. - Podem banhar-se, o alojamento destinado a vocês não é muito distante do meu, enquanto isso pedirei que tragam comida até a sala de reuniões e que busquem vocês. - Seguido de um assovio alto, colocando os dedos indicador e o polegar dentro da boca, J'Lamba disse o que faziam, e uma revoada de corvos aproximaria-se do trio. Eram três corvos, e estes se transformaram em formosas negras com trajes tribais. - Adebanke acompanhará Ximeerra até onde as mulheres se banham. - Apresentou ele a de vestes amarelas, seu nome significava "Deus Está Cuidando Dela" em Yoruba da Nigéria. - Badu levará o senhor Marques até onde os homens se banham. - A seguir ele apresentou a de vermelho, cujo nome significava "Poderosa" no dialeto Makunguru. - Chalondra, pode preparar uma refeição para três, por favor? - Ele então iria se dirigir à terceira, esta de branco, e cujo nome significava "Esperta". Ambas as três prontamente assumiram e disseram "Imediatamente Corvo-rei" na língua Makunguru, e Adebanke e Badu guiariam filha e pai, cada um por um dos lados da grande árvore, subindo uma escadaria que ia das raízes até a copa da árvore. Ximeerra e Adebanke pela da direita, enquanto Marques e Badu iam pela esquerda. J'Lamba e Chalondra por sua vez tornavam-se corvos e voavam para a copa da árvore. Conforme subissem, Melena poderia ver vários alojamentos ao longo do percurso, como se a grande árvore fosse um edifício por dentro, equivalente a algo de seus sete andares, e seria no terceiro andar que parariam de subir as escadas. O lance da subida poderia exigir um pouco a mais da brasileira, enquanto que a negra subia num ritmo compassado, quase que numa dança, rebolando suas ancas e com as pernas firmes.


Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Belezas-da-africa-grafico-ponto-cruz-arte
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime10/03/19, 03:03 pm

A gaúcha ri ao perceber que fisgou o sério de J'Lamba e o gesto do pai, ao momento que distorceu o humor do Corax por míseros segundos, ainda sorrindo de orelha em orelha ao desviar o clima para deslocar a exibição até o descanso dos visitantes. A moça não se surpreende ao avistar mais três Corax ao serviço, entretanto cresce o olho ao testemunhar suas formas humanas. Entusiasta de moda, Melena passa a se aproximar das mulheres tribais, analisando cada canto de seus vestes. - Gente, quanto bom gosto pra uma nação só! Olha esse contraste de cor com essa pele tunada! - A moça se agacha enquanto comenta alto para os ouvidos das Corax, esbanjando sua admiração visual.
   - Bom banho pai! - Ximeerra acena para Marques, enquanto ambos eram escoltados cada um por uma das mulheres. Apesar do humor centrado de Adebanke, a gaúcha se sente incapacitada de apresentar timidez para a estranha, como era aparente em sua expressão esperançosa. - Nossa minha guria, 'cês moram dentro desse tronco gigante? A mãe-terra é luxuosa assim? - Comenta maravilhada no meio de sua exibição no interior da grande árvore que já avistou por fora, chocada com a idéia de tal estrutura ser usada como um edifício para alojamentos diversos. Se depara com extensos degraus, subidas feitas de uma forma que demonstrassem realidades não apenas da arquitetura do local, mas também do dia-a-dia de seus nativos, visto que a mulata brasileira teria esforços físicos para subi-las, diferente de sua escoltadora, que traria a atenção de Melena com a sua postura casual. - Tchê...eu só tenho esse corpinho...quase esbelto pra auto-estima e agradar macho, e você aí desfilando na perna-de-pau. Quantas onças 'cês submetem pra ter esse gingado todo?! - Pergunta para a mulher de amarelo com um tom de admiração, quase que demonstrando uma cômica inveja da musicista ao perceber a capacidade dos corpos das moças mais franzinas dessa cultura, enquanto seguia até o seu banho no terceiro andar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime11/03/19, 11:57 pm



- Não é um tronco, é o carvalho mais antigo e mais forte de Wakanda, a Mãe nos dá onde morar e o que comer, cabe a nós cuidar. - Responderia a negra falando na língua Suaíle, que aparentemente era a língua tradicional dos Makunguru. - Não pense que todos somos como J'Lamba e quer uma estrangeira aqui, muito menos pra ser esposa dele... - Falou ela com desdém, continuando a caminhada pelo corredor, chegando até uma sala pequena, e ao abrir a porta, Melena poderia ver uma enxuta casa de banhos, feita como se fosse posta em cima da copa da árvore, iluminada artificialmente agora à noite, mas que com certeza deveria ser bem mais iluminada durante o dia ensolarado. - Pode se banhar, tem toalhas lá dentro, se arrume e siga para o sétimo andar. - Então ela sairia em direção às escadas deixando Melena para trás.


Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 -l-3157b4ba36c069b7


Última edição por Onúris em 12/03/19, 11:41 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime12/03/19, 11:28 pm

Seguindo no corredor, Ximeerra se impressiona com a fluência da compreensão de Adebanke quanto a linguagem e sotaque da estrangeira, ao mesmo tempo que levantaria a sobrancelha ao ouvir sua resposta opinada a seguir. - Que...pena se a minha presença te deixa amargurada, mas eu nem concordei com a idéia do casamento, pro seu conhecimento. - Atordoada moralmente, responde de forma lúcida apesar de seu tom passivo agressivo. A discussão não progrediria, no momento que ambas chegassem ao banheiro, onde a nativa deixaria a gaúcha para trás com mínimas instruções. - Grata gracinha! - Exclama sorridentemente em gratidão para a Corax que segue para as escadas.
   - Nossa, um quarto polido e refinado com madeira...esse luxo me lembra da minha primeira viagem com meu...querido contador... - Pensa melancólicamente, enquanto suspira ao visualizar os cantos do quarto aberto, enquanto se despiria para banhar-se. Testa a água com as mãos e percebe a temperatura morna da água que haveria sido deixada a molho do calor do sol, com o conforto de mergulhar-se na banheira lavando a cabeleira até os pés, de aparência que estivesse fazendo um banho ritualístico para si.
   A moça sai do banho tateando sua pele toda como se sentisse renovada, e segue a vasculhar sua mochila. - Não tem roupas reservas nesse quarto, estranhamente. Achei que eles iam querer tratar a minha aparência com o armário deles, ainda mais pela etnia daqui e pelo motivo de eu pôr as caras nesse país...nem imagino o que eu poderia esperar com essa viagem... - Pensativa, questiona meros detalhes de seu ambiente com os dizeres dos poucos nativos que havia tido contato direto no momento. Com isso, busca rapidamente fazer uma breve lavada de água e secagem em seus vestes gaúchos para então vestí-los novamente.
   Pronta e entusiasmada, Melena segue nas cansativas escadas novamente para o rumo do sétimo andar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime14/03/19, 06:05 pm



Um tanto aflita com a súbita agressividade de Adebanke e a falta de vestes limpas, Melena trata de concentrar-se em seu banho e na limpeza de suas roupas. Ela toma seu tempo para aprontar-se, entretanto apenas umedece as vestes, e as coloca semi-secas, talvez algo que seria mais eficaz ao usar magia elementar, entretanto algo que não passou pela cabeça da gaúcha. Pronta para seguir ao jantar com J'Lamba e seu pai, ela sobe as escadas, agora um tanto mais preparada, porém ainda um tanto cansativo. No sétimo andar haviam um largo corredor que dava bem no topo do frondoso carvalho. Haviam cinco portas, quatro menos e uma maior, sendo que Adebanke estava de pé quase em frente à sala de porta dupla, e assim que a visse reviraria os olhos, apontando a contra gosto para a porta que guardava, como que insinuando que seria ali o jantar. A refeição era abundante, caracterizada por diversos alimentos. Havia frangos empanados artesanais; bifes de Zebu, um gado típico da áfrica do sul;  escorpiões assados sem os ferrões, caracóis cozidos, lagartos no espero de churrasco, ensopado de rãs, e uma grande tigela de farofa feita com formigas. Além disso haviam grutas como maças e laranjas, água de coco, ovos cozidos e batatas e cenouras assadas. Aquela tratava-s de uma sala de reuniões, com uma grande mesa redonda, rodeada de almofadas feitas de peles de animais diversos, enquanto que a parede do fundo era decorada com uma bandeira e as paredes laterais com pinturas em pergaminhos, mostrando corvos de diversas etnias. J'Lamba e Marques estava conversando quando a mulata chegou, ambos bebendo água de coco enquanto as outras duas mulatas saiam da sala após preparar a mesa, passando por Melena, rindo brevemente ao olharem para ela.


Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 C7eHoqP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime19/03/19, 10:23 pm

- Er...pera... - Enquanto andava no caminho das escadas, Melena percebe que se sentia úmida, através de suas roupas. Finalmente passa pela sua cabeça de secar suas roupas através de esconjuramento de líquido em suas roupas e seu chapéu com um simples manuseamento arcano,. Ao chegar no sétimo andar levemente exausta, se depara com o corredor, novamente é maravilhada com a beleza natural da estrutura de carvalho. As cinco portas são evidentes, e segue adentrando na que havia sido direcionada por Adebanke, com um sorriso de gratidão, entra na sala de jantar.
   O requinte a choca no momento que visualiza o tamanho e variedade contida na mesa, tanto de maneira positiva quanto de estranheza. O visual geral da sala quase a espanta e a faria repensar seus modos, até que percebe duas mulatas passando em seu caminho demonstrando uma suspeita recepção com a gaúcha. Melena responde as risadas com uma empinada de nariz para o lado seguido de um chacoalho de sua cabeleira para ambas, e seguia desfilando para o assento próximo de seu pai, que também fizesse ser vista de frente de J'Lamba. - Oi-Oi denovo pai, e mulato...o banho foi maravilhoso, se apertaram com a minha demora? Sabem como é, né? - Com um beijo na bochecha de Marques e um acenada galanteadora, senta na cadeira enquanto apoia seu chapéu sobre as coxas, e observa mais de perto o banquete. Dá uma risadinha ao sentir o bizarro conforto da almofada feita de pele animal, e também com as inclusões naturais do jantar. Cairia sua ficha que estava se alimentando sob a cultura de uma nação que conservava os costumes mais nativos em uma civilização tecnologicamente avançada, apesar de sentir um enojamento de um lado da mesa, sua curiosidade grita mais alto pelo que seus olhos viam, sente mais vontade de experimentar os alimentos mais exóticos da mesa independente de seu conforto.
   - Dá pra ver que as mulatas na cozinha deram muito capricho pra pôr isso tudo na mesa. Nem parece que somos os únicos que vamos filar essa bóia, e então...agente vai bater mais algum papo? Alguém mais vai entrar na mesa, J'Lamba? - Elogia francamente o requinte assim como questiona diretamente para o Coráx à sua frente, enquanto não sutilmente encara os escorpiões assados na mesa.

Ações escreveu:
1. Secar a umidez das roupas com maestria mágica de Água.

Capacidades:
 

2. Adentrar a sala de jantar.
3. Sentar na mesa e dirigir-se a J'Lamba.

Habilidades Ativas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onúris
Boss
Boss
Onúris

Mensagens : 1397
Localização : Wakanda

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR640/640Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (640/640)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa560/670Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (560/670)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime22/03/19, 11:41 pm



- Essa refeição é para nós três, sem mais convidados. - Respondeu o negro com um sorriso ameno, dirigindo seus olhos diretamente para os da mulata. - Absurdo tanta comida para só três pessoas. - Comentou Marques com o senho franzido. - Longe disso, nenhuma comida é desperdiçada, após cada refeição tudo é reunido e preservado, não fazemos questão de ostentar, a fartura nos dá comida para requentar e até para refeições alheias. - Retrucou J'Lamba de forma tranquila apesar da expressão do pai de Melena permanecer contrária. - Então vão dar cabo dos restos... - Resmungou o gaúcho. - Restos não, todos aprendemos desde cedo a repartir, o local ou o momento não diminui o valor do alimento. - Riu J'Lamba. - Uma fartura digna de um país de primeiro mundo, pena que o resto do continente não está assim. - Com essa fala de Marques, finalmente J'Lamba ficou com uma expressão mais séria, dando para notar que não gostara do rumo da conversa. - Amanhã o senhor poderá ver por si mesmo o tanto que fazemos pelos vizinhos, mas por hoje se dê por satisfeito com a comida, caso contrário, só lamento que não esteja do seu agrado. Somos uma nação que ajuda a quem precisa, pois entendemos o que é a necessidade. O senhor parece disposto a arrumar algum entreveiro, porém creio que já é suficiente o que tenha feito ao meu pai em sua juventude. Não quero falar de mágoas do passado, então peço ao senhor que ao menos pense um pouco mais antes de atacar desse modo. Não estão aqui para serem obrigados a aceitar um noivado, estão aqui como um convite de paz entre as duas famílias. E hoje acima de tudo, é o dia de velarmos pelo falecido Rei Ajani, e em memória de tal homem, deveríamos manter o respeito e a honra... - J'Lamba falou tudo o que estava entalado, e apesar da expressão de ira e da pele avermelhada de raiva, Marques calou-se e tratou de pegar uma maçã para comer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ximeerra
Membros
Membros
Ximeerra

Mensagens : 391
Localização : Rio Grande do Sul

Ficha do Personagem
HP HP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 JJXZErR400/400Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (400/400)
SP SP:
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 I1VDEPa700/700Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 GnsUAW7  (700/700)
Itens de Evento:

Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime23/03/19, 12:48 am

A mulata se sente congelada e sem vocal ao perceber a presença de aracnídeos comestíveis no banquete, e dificilmente consegue reagir aos escorpiões com um grito, apenas lentamente cobrindo sua visão dos palitos assados com uma água de coco. - E-err...é...melhor...o-outro p-prato... - Tremendo as mãos e coberta de medo de revirar os olhos para analisar mais a mesa, pega mais uma água de coco para seu consumo, até que repara a familiaridade de um belo bife bovino na mesa, e tenta os exóticos caracóis cozidos para compensar sua curiosidade.
   Em um prato a moça experimenta ambos individualmente até que conjunta os dois em um só sabor, é uma positiva surpresa de ter se agraciada ao experimentar tal prato culto com algo de requinte mais caseiro. - Pois é tchê, porque tudo isso só pra nós três? Isso aqui parece que pode alimentar uma vila inteira! - Concorda com o pai após engolir a comida, enquanto administrava o prato.
   O clima não ficaria tão confortável por muito tempo, no momento que Marques aplica peso em seu comentário, a expressão e tonalidade séria do Coráx traz a atenção de Melena à tona, levemente espantada com a reviravolta, levanta uma sobrancelha com o contexto e possível mágoa que a revolta tinha destacado em relação do casório. - Ei ei ei! Que papo é esse?! Teu pai? Agente já não nos concluímos quanto o casame- ... - Exclama preocupada para ambos, porém se interrompe ao ligar alguns pontos quanto as circunstâncias, até que expressasse transtorno em seu olhar e com as mãos cobrindo o nariz e a boca. - Deixa eu ver se eu peguei essa situação...meu pai peleou com o teu...e o NOSSO casório que vai resolver? O que foi que ele fez de tão ruim pra política de vocês estar metida? A minha mãe se mudando pro Brasil com certeza tem alguma coisa haver com isso, né? Até com ela fora, que fim levou? - Ximeerra interrompe sua refeição enquanto afobadamente enxurra o representante de perguntas, com um tom grave e aguerrido na voz. - Eu vou ouvir o pedido de paz entre nós, mas eu quero respostas...agora. O que que meus parentes não me contaram? -

Desvantagem:
 

Habilidades Ativas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado   Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado - Página 5 Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1 - Acústica do Coração Talhado
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Capítulo 7 - Sintonia, Telepatia, Comunicação pelo cortex...
» Long-gone London: Capítulo III – A toada da traição
» Ficha Simples: Nível 02 - Sarah Bloodstone - Balística
» [Tutorial/Pedido]Sistemas de Título

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Multiverso da Fantasia RPG :: Mundos RPG :: RPG - Ningenkai :: Onúris :: Aventuras Completas-
Ir para: